Oficial atirou contra os bandidos, mas morreu após ser atropelado por eles. (Foto do arquivo pessoal)

Agora Litoral
O tenente Taborda, do 23º Batalhão da Polícia Militar, morreu depois de ser atropelado por bandidos no Contorno Sul, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), por volta das 19 horas desta segunda-feira (2).

O policial e sua equipe tentavam deter os marginais, que haviam cometido um assalto em Fazenda Rio Grande e fugiam com o carro da vítima. Os PMs estavam parando alguns caminhões na rodovia, quando o carro com os bandidos apareceu repentinamente.

“Um policial havia me abordado, pedindo pra eu parar o caminhão de forma que bloqueasse a passagem dos carros. Meio minuto depois, vi o companheiro dele, do outro lado da pista, atirando contra um carro que estava em alta velocidade. O bandido jogou o veículo em cima do policial, que mesmo assim não parou de atirar”, descreveu um caminhoneiro, que pediu para não ter o nome divulgado.

Os marginais abandonaram o veículo e fugiram em direção à fábrica da Bosch. Segundo funcionários, os bandidos entraram em um matagal que fica próximo ao local e sumiram. Diversas viaturas da PM chegaram rapidamente à região e iniciaram as buscas.

BLOQUEIO
O corpo do tenente Taborda parou a muitos metros do carro. Os socorristas do Corpo de Bombeiros chegaram em poucos minutos para atender o colega, mas devido à gravidade dos ferimentos nada puderam fazer. O local do acidente foi completamente isolado e os policiais faziam buscas pela arma do tenente, que não havia sido encontrada junto ao corpo.

Uma das pistas da rodovia ficou completamente interditada e a chuva forte que começou após o acidente dificultou ainda mais a passagem dos veículos. A rodovia foi completamente liberada por volta da meia-noite.

Policial era muito estimado e considerado um bom líder

CONFRONTO
Uma equipe do BOPE teria entrado em confronto armado com os dois marginais agora pela manhã. Os possíveis autores do homicídio do tenente Taborda estavam no interior da empresa Bosch. Na troca de tiros os bandidos morreram.

>> Deixe sua opinião