Vacina é o método mais eficaz de se proteger contra a doença

A Secretaria Estadual de Saúde divulgou novo boletim da gripe nesta quarta-feira (8). O documento mostra que o número de mortes em decorrência do vírus influenza chega a 87 desde o começo do ano, dez a mais que o boletim divulgado na semana passada.

O número é bem superior ao registrado em igual período do ano passado no Paraná, quando o boletim divulgado no dia 9 de agosto mostrava 33 mortes em decorrência da gripe no Estado.

Do total de óbitos confirmados neste ano a maioria é pelo vírus H3 (46), seguido do H1N1 (39) e da Influenza A (2).

O H3 é um tipo do vírus Influenza que só nos Estados Unidos, infectou mais de 47 mil pessoas e provocou diversas mortes, principalmente de crianças e idosos. Não há como prever se terá tanto impacto assim no Brasil, mas o melhor é se prevenir.

O método mais eficaz de evitar o aumento de casos da doença é a imunização contra o vírus da gripe. A vacina já tem o H1N1, o H3N2 e tem também influenza B.

Saiba mais sobre o vírus H3 em https://saude.ig.com.br/2018-04-09/gripe-virus-influenza-h3n2.html

>> Deixe sua opinião