Agora Litoral – ATUALIZADA ÀS 16h50
Dois homicídios foram registrados na manhã deste domingo (22) em Paranaguá, no Litoral do Paraná. O primeiro ocorreu no bairro Santos Dumont, onde um homem foi agredido brutalmente até a morte, e o segundo no Embocuí, onde foi encontrado um cadáver com várias perfurações de arma de fogo.

O primeiro crime vitimou Cleber de Oliveira Lemos, cujo apelido era Bin Laden. Ele foi morto com golpes de madeira, faca e pedra. Segundo informações, Cleber tinha 33 anos e era usuário de drogas. O corpo dele foi encontrado por volta das 9h30 no terreno de uma casa em construção na Avenida Ivan Jejuhy.

Cleber Bin Laden estava com o rosto desfigurado. A violência foi tamanha que ele foi encontrado com uma faca cravada na sua boca.

O segundo homicídio foi descoberto na estrada do Embocuí, no local conhecido como Areal. Populares encontraram, no meio da rua, um corpo com os pés amarrados. A vítima estava com várias perfurações provocadas por arma de fogo. Foram no mínimo cinco disparos, que atingiram a cabeça, ombro e braço. Tudo indica que o corpo foi desovado naquele local.

Informações extraoficiais dão conta que a vítima seria Everaldo Veiga Gomes, de 39 anos, que seria morador do bairro Labra.

Corpo de Everaldo foi jogado na estrada do Embocuí

A Polícia Civil investiga mais esses dois assassinatos na cidade, que registra números alarmantes de homicídios em 2018. Este ano já foram registradas 47 mortes violentas em Paranaguá. Em todo Litoral já foram contabilizados 91 assassinatos este ano.

>> Deixe sua opinião