Sonia, o irmão e a cunhada nem esquentaram banco e já estão em liberdade

Paranaguá, PR
Agora Litoral            (com informações da Banda B)

A dona de uma casa noturna em Curitiba, Sonia Mara Ruthes, de 47 anos, conseguiu um habeas corpus na justiça e foi libertada na noite desta sexta-feira (16). A decisão judicial também colocou em liberdade o irmão de Sonia, Ruberval Ruthes, de 46 anos, e a esposa dele, Rosangela Degeniski, de 39. Os três são suspeitos de arquitetar a morte do empresário Everson Luis Hreçay, 39 anos, assassinado a tiros em fevereiro de 2005. Sonia era casada com Everson e teria ordenado a morte dele, segundo a polícia.

Sonia estava presa no 5º Distrito Policial de Curitiba, Rosangela no 12º distrito e Roberval estava detido no Cope (Centro de Operações Especiais). Eles foram presos na manhã de quarta-feira (14), em uma residência no bairro Portão, em Curitiba. O crime aconteceu em fevereiro de 2005, quando, segundo a denúncia, Sonia, esposa da vítima, decidiu assassinar o marido devido a questões financeiras e um mau relacionamento com a vítima.
LEIA A HISTÓRIA

Dona de casa noturna é presa por arquitetar morte do marido

>> Deixe sua opinião