Professora receberá a premiação dia 20, no Palácio Iguaçu, junto com os ganhadores do segundo e terceiro prêmios

Agora Litoral
Uma professora de 49 anos, moradora em Paranaguá, faturou, nesta quinta-feira (7), o prêmio especial de Natal do Nota Paraná e vai receber R$ 1 milhão. A professora Beatriz Cardoso da Silva receberá a premiação oficialmente no dia 20 deste mês, no Palácio Iguaçu, junto com os ganhadores do segundo lugar (R$ 120 mil) e do terceiro (R$ 80 mil).

O governador Beto Richa foi quem ligou para Beatriz e anunciou o prêmio. A professora, da Rede Municipal de Ensino, disse que só acreditou que era verdade quando Richa ligou pela segunda vez. “Eu nem acreditei que era o governador me ligando e, principalmente, quando disse que eu tinha ganhado R$ 1 milhão. Ainda não caiu a ficha. Eu estou muito feliz, vou passar um Natal diferente de todos”, comemora.

A professora disse que pretende primeiramente pagar as dívidas e depois vai pensar no que fazer com o restante do dinheiro. “Eu estava muito preocupada em como pagaria minhas dívidas e como seria no ano que vem. Agora me sinto aliviada. Nem consegui pensar ainda o que fazer com todo esse dinheiro. Eu tinha uma esperança em ganhar, sempre coloquei o CPF na nota, mas nem imaginava esse valor”, conta.

Ao todo 53 milhões de bilhetes de contribuintes concorreram aos prêmios.
VEJA A LIGAÇÃO DO GOVERNADOR PARA A VENCEDORA

COMO FUNCIONA O NOTA PARANÁ

Pelo programa, os consumidores que indicam o CPF na nota fiscal podem receber de volta até 30% do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de cada produto adquirido em estabelecimentos comerciais do estado.

Além disso, há sorteios mensais de dinheiro que viram créditos. O consumidor pode transferir estes créditos para uma conta bancária ou utilizá-los para pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Tudo é feito pela internet.

De acordo com o governo estadual, desde 2015, foram pagos R$ 731 milhões em prêmios e créditos disponibilizados. Atualmente, o programa tem mais de 1,9 milhão de pessoas cadastradas.

>> Deixe sua opinião