Menino que teve perna amputada após injeção na UPA realiza sonho

VICTOR HUGO VOI CONHECEU JOGADORES DO SEU TIME DO CORAÇÃO

Victor Hugo Voi conheceu jogadores, ganhou presentes e entrou em campo com a equipe do coração

Paranaguá, PR
Agora Litoral

O menino Vitor Hugo Voi, de 10 anos, que sempre sonhou ser jogador de futebol, mas teve seus planos interrompidos após receber uma injeção de Benzetacil na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paranaguá, em março deste ano, e teve que amputar a perna direita, conseguiu em parte realizar seu sonho. Nesta quinta-feira, Victor foi levado até Curitiba para assistir o jogo entre Atlético Paranaense e Botafogo e teve oportunidade de conhecer de perto vários dos seus ídolos.

 

 

 

 

 

Um grupo de torcedores do alvi-negro carioca, em parceria com a TVCI e com o Clube Atlético Paranaense, ofereceu ao menino a chance de conhecer de perto os jogadores do Fogão e mais ainda: além dos presentes que recebeu do Botafogo, ele entrou em campo junto com a equipe na Arena da Baixada.

Depois de mais de 20 dias internado, Victor pôde voltar para casa e começar a se adaptar à nova fase. Quando completou duas semanas de volta à escola, o menino e seus familiares contaram à TVCI que a recuperação tinha uma estreita relação com o Botafogo de Futebol e Regatas. “Ele não passava 10 minutos sem falar sobre o Botafogo. Copo, toalha, adesivos, camisetas. Em cada cômodo da casa existe alguma referência ao Botafogo”, relatou o repórter Pierre Andrade.

NOTÍCIA RELACIONADA

Menino tem perna amputada e gera comoção em Paranaguá

>> Deixe sua opinião