Documento facilitou identificar vítima

Agora Litoral
Foi liberado no sábado (10), e encaminhado para ser sepultado no estado da Bahia, o corpo do homem que morreu na calçada da Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, no Parque São João, em Paranaguá, na manhã de quinta-feira (8). A vítima foi identificada como Domingos Raimundo dos Santos, de 41 anos, através do crachá da empresa onde trabalhava e que estava em seu bolso.

Por volta das 6h30, a Polícia Militar e o SAMU foram acionados por populares, que relataram sobre um homem caído de bruços, na calçada. De imediato as equipes se deslocaram ao local e constataram que a vítima já estava em óbito.

Como havia um ferimento na cabeça de Domingos e próximo do local tem um terreno baldio, onde estavam algumas barras de ferro, foi levantada a suspeita de Domingos ter sido vítima de agressão. Equipes da Polícia Civil e Instituto de Criminalística também se deslocaram ao local, mas as análises constataram que a lesão era antiga, indicando que a morte ocorreu por causas naturais.

Corpo ficou um bom tempo na calçada

TRÂNSITO
Agentes da Guarda Civil Municipal também deram atendimento à ocorrência e fizeram o controle do trânsito no local, para o trabalho de perícia. Em seguida, o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) para exames complementares, que constataram que Domingos foi vítima de um infarto. Ele era natural de Dias d’Ávila, na Bahia, para onde o corpo foi levado para ser sepultado.

Domingos estava morando em uma pensão, em Paranaguá, junto com familiares que também são funcionários da empresa de engenharia e construção onde ele trabalhava.

>> Deixe sua opinião