Ainda são desconhecidas as causas que levaram à morte de Rodney Pereira, o Ninho. Foto: arquivo pessoal

Paranaguá, PR
Agora Litoral

Mais um homicídio foi registrado no litoral paranaense. Rodney Pereira, o Ninho, de 30 anos, foi morto com quatro tiros no início da noite desta quarta-feira (14). O homicídio ocorreu na rua Manoel Elísio Scremin, na Vila Marinho em Paranaguá. O atirador fugiu após certificar-se de que a vítima estava morta.

Segundo informações de populares, o matador chegou a pé, sem camisa, e foi em direção à vítima, que estaria fumando despreocupadamente. Sem hesitar, o assassino deu o primeiro tiro em Ninho, que saiu correndo e entrou numa casa para pedir ajuda. Não deu certo. O assassino foi atrás e desferiu outros três tiros. Ninho morreu no local.

Não se sabe o motivo que levou à morte de Rodney Pereira. Moradores da Vila Marinho dizem à boca pequena que ele seria assaltante e que sua morte era previsível. Ninho também teria envolvimento num assalto ocorrido em um posto de combustíveis há pouco tempo na cidade. Um irmão dele igualmente teria sido assassinado há menos de dois anos no Morro da Cocada.

Ninho teve o mesmo fim trágico do irmão. Foto: colaboradores do WhatsApp
Ninho seria usuário de entorpecentes e já estaria jurado de morte

>> Deixe sua opinião