Drogas e materiais apreendidos na casa de Eduardo

Agora Litoral
Uma mulher acionou a Polícia Militar, na madrugada desta segunda-feira (6) para denunciar que o seu ex-marido não quis entregar a filha do casal, de onze meses de idade. A menina havia sido deixada com o pai, mas, ao tentar reavê-la, a mulher foi impedida pelo ex e ameaçada por ele.

Segundo registrado no Boletim de Ocorrência na 1ª Subdivisão Policial, uma equipe do 9º Batalhão foi acionada pelo Centro de Operações (Copom) para atender uma situação na Travessa Bento Gonçalves, bairro Jardim Guaraituba.

No local, os policiais militares encontraram a senhora Laryssa Cristina Cordeiro Mendes. Chorando, ela relatou aos PMs que havia deixado a bebê com seu ex-marido Eduardo Miranda Matoso Veiga, mas este não quis entregar a menina.

Segundo Laryssa, Eduardo inclusive ameaçou espancá-la caso não fosse embora. Ela contou ainda que o ex-marido havia sumido e que não sabia se tinha levado a filha do casal.

APREENSÃO
A equipe PM foi até a casa indicada por Laryssa e, ao olhar pela janela da residência, avistou, em cima de uma mesa, certa quantidade de substância similar à maconha. Como a porta estava apenas encostada, os policiais procuraram a criança e apreenderam mais drogas.

Dentro do micro-ondas havia uma certa quantidade de crack e cocaína, além de dezesseis munições calibre 22. Também foram apreendidos alguns produtos de origem duvidosa e certa quantia de dinheiro trocado.

Os policiais militares levaram a mãe da menor e os produtos apreendidos para a Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Até o fechamento dessa matéria, Eduardo Veiga (que já tem passagens pela polícia) e a menina não haviam sido encontrados.

Eduardo sumiu com a filha

>> Deixe sua opinião