Duas faculdades do litoral entre as piores do Brasil

Avaliação é do MEC e as duas tiveram desempenho insatisfatório

Segundo o MEC, o desempenho do Isulpar, de Paranaguá, e do Isepe, de Guaratuba, foram insatisfatórios

Paranaguá, PR
Agora Litoral

De 2.109 instituições de ensino superior avaliadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC), 313 tiveram avaliação insatisfatória, medida por meio do IGC (Índice Geral de Cursos).

O IGC é o indicador oficial de qualidade do ensino superior no Brasil, e é calculado todos os anos. A responsabilidade é do MEC.

A mais recente avaliação, do ciclo de 2015, cujos resultados eram aguardados no fim de 2016 foi divulgada na semana passada no site do INEP. Entre os piores desempenhos, com nota 2, estão duas instituições particulares do litoral paranaense. O índice vai de 1 a 5 e as notas na faixa 1 e 2 indicam mau desempenho passível de punição.

As faculdades da região que tiveram avaliação insatisfatória foram o Instituto Educacional do Litoral do Paraná (ISEPE) de Guaratuba e o Instituto Superior do Litoral do Paraná (Isulpar) de Paranaguá.
(Agora Litoral com informações da Revista Exame)

>> Deixe sua opinião