Foto: Márcio Barros/Rede Massa

Agora Litoral
O corpo da estudante Andrielly Gonçalves da Silva, de 22 anos, foi sepultado nesta terça-feira (12), em Morretes, no Litoral do Paraná, sua cidade natal. Pelo menos 200 pessoas compareceram ao velório, no salão da Igreja Metodista, e acompanharam a família até o Cemitério Municipal no último adeus à garota.

A despedida foi marcada por homenagens a Andrielly e protestos contra o ex-marido e principal suspeito pela morte dela, o policial militar Diogo Costa Coelho, que está detido na Penitenciária Estadual de Piraquara desde o dia 19 de maio.

RELEMBRE
Andrielly Gonçalves da Silva estava desaparecida desde o dia 9 de maio, data em que foi vista pela última vez com o ex-marido, o PM Diogo Costa, que está sendo apontado como o principal suspeito pelo crime.

O corpo da jovem foi encontrado na sexta-feira (8), em uma área de mata na Estrada da Graciosa, e reconhecido oficialmente pela análise da arcada dentária na segunda-feira (11).

NOTÍCIA RELACIONADA

Prisão de ex-marido de Andrielly deverá ser prorrogada

>> Deixe sua opinião