Agora Litoral com Massa News
O Tribunal do Júri de Paranaguá, no litoral do Paraná, condenou um homem a mais de 28 anos de prisão, em regime fechado, por três tentativas de homicídio duplamente qualificadas, ocorridas em 2014, no bairro Alexandra. O julgamento foi realizado na quinta-feira (3).

De acordo com a 6ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, que ofereceu a denúncia contra o acusado, na madrugada de 6 de dezembro de 2014, o homem, de 39 anos, e um rapaz, que tinha 22 anos, golpearam com facões três vizinhos, dois deles adolescentes.

Segundo a denúncia, os dois agiram para se vingar de uma das vítimas, porque suspeitavam que ela havia furtado uma galinha, e por desavenças com a mãe dos adolescentes. O crime teve bastante repercussão na época pela violência aplicada contra as vítimas, que foram socorridas a tempo e sobreviveram.

Um dos rapazes que efetuou as facadas, de 22 anos, morreu durante o curso do processo e não foi a julgamento. O outro, agora condenado, segue detido na Casa de Custódia de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A pena total é de 28 anos, 10 meses e 15 dias de reclusão, com cumprimento inicial em regime fechado. No cálculo da pena, foi levado em consideração o fato de o homem ter mentido durante o interrogatório, ressaltando-se que ele poderia ter permanecido em silêncio.

A Promotoria salienta a importância da condenação, notadamente diante do elevado número de homicídios registrados neste ano na comarca de Paranaguá.

>> Deixe sua opinião