Gilmar, um dos assaltantes, foi levado ao Hospital Regional e ficou sob escolta policial

Agora Litoral
No início da madrugada de segunda-feira (14), três suspeitos de uma tentativa de latrocínio (roubo, seguido de morte), foram encaminhados à 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá. Outro acusado acabou esfaqueado durante a empreitada criminosa e foi encaminhado ao Hospital Regional do Litoral.

A ação policial teve início pouco depois da meia noite, com informações repassadas para a Central de Operações do 9.º Batalhão, sobre uma ocorrência de roubo na Rua Marechal Deodoro, na área central de Paranaguá.

No local, uma moça de 18 anos informou que acabara de ser vítima de roubo, por quatro indivíduos, um deles portando uma faca. A garota relatou que os assaltantes pediram seu telefone celular e, em seguida, três deles tomaram sua bolsa e saíram correndo.

O outro suspeito puxou a corrente de um adolescente de 16 anos, e os dois acabaram entrando em luta corporal. Neste momento, o assaltante pegou a faca e desferiu golpes contra o menor, sendo que ambos foram esfaqueados.

Após a briga, o adolescente correu e ficou ferido em frente à rodoviária municipal, enquanto o assaltante, identificado como Gilmar Veiga dos Santos, de 37 anos, residente no Jardim Esperança, que também foi esfaqueado, correu em direção à Rua Conselheiro Sinimbu. Foi acionado o SAMU para prestar socorro aos feridos, que foram encaminhados ao Hospital Regional do Litoral para atendimento médico.

Na sequência das diligências, com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), foram presos Diogo Pedroso, de 30 anos, residente na Ilha dos Valadares; Bruno Eduardo Pontes Silva, 28, morador na Ponta do Caju; e Jonatan Luciano Mendes dos Santos, 26, com endereço na Vila Itiberê.

Os três foram reconhecidos pela vítima e encaminhados à 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá para a elaboração do flagrante pela tentativa de latrocínio, ficando recolhidos no setor de carceragem local à disposição da Justiça. Já Gilmar Veiga dos Santos foi autuado, mas até o encerramento desta matéria permanecia internado, sob escolta policial.

Gilmar feriu adolescente, mas também foi esfaqueado

>> Deixe sua opinião