Recomendação da ANVISA é que população das cidades litorâneas continue se vacinando

Agora Litoral

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) esclareceu a nota divulgada na noite de quarta-feira (29) onde afirmou que as pessoas que não tivessem o vírus da dengue não deveriam receber a vacina contra a doença.

A notícia deixou transtornadas as populações das cidades do litoral paranaense, principalmente em Paranaguá, onde existe uma grande mobilização para que a comunidade se vacine.

Após a divulgação da nota da ANVISA, a informação tomou conta das redes sociais. Todos, indistintamente, consideraram ter sido “enganados” ao tomar a vacina, já que, de acordo com o publicado pelo órgão, correriam o risco de sofrer maiores riscos caso fossem infectados com a doença após receber a vacina.

ESCLARECIMENTO

A ANVISA esclareceu que, ao contrário das interpretações, a nota diz respeito às cidades onde a população não tenha tido contato com o vírus da dengue – o que não é o caso de Paranaguá, que já viveu uma epidemia e registrou mais de 30 mortes.

O alerta do órgão é que as pessoas sigam se vacinando em Paranaguá e região, já que as cidades litorâneas convivem com o vírus da doença. A ANVISA também deixou bem claro que a vacina é a forma mais eficaz de combater a dengue.

NOTÍCIA RELACIONADA

Vacina da dengue não deve ser tomada por quem nunca teve a doença

>> Deixe sua opinião