Maikon Diego de Araújo foi morto em sua casa, no balneário Canoas

Pontal do Paraná, PR
Agora Litoral

Maikon Diego de Araújo foi assassinado na tarde deste domingo (05) em sua casa, no balneário Canoas, Pontal do Paraná. Ele era irmão de Paulo César de Araújo, o Paulinho Paiakan, que também foi morto a tiros em dezembro de 2015.

Os dois teriam envolvimento em diversos crimes, entre roubos, tráfico de drogas e alguns homicídios, mas nada confirmado oficialmente. Segundo informações, Maikon seria um dos chefões do tráfico na região compreendida entre Canoas e Ipanema.

Fontes de Pontal do Paraná dizem que a família de Paulinho Paiakan estaria jurada e que a morte de Maikon Diego já era esperada.

(Do arquivo pessoal Facebook)

>> Deixe sua opinião