Unidade da PRF em Alexandra ainda se mantém devido à grande movimentação gerada pelo porto

Agora Litoral
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou, nesta quinta-feira (26), que está em estudos o fechamento do posto de Alexandra, na BR-277 em Paranaguá. Em entrevista exclusiva ao Agora Litoral, o chefe substituto da Delegacia Metropolitana da PRF, Lúcio Flávio Marins, disse não haver ainda uma previsão, mas informou que a determinação para que o posto seja fechado existe desde 2011.

O motivo, de acordo com o responsável pela Delegacia Metropolitana da PRF, é que uma diretriz da instituição diz que num trecho de 100 km deve haver somente um posto da Polícia Rodoviária Federal, o que não ocorre nesse trecho da 277, já que um outro posto (próximo ao pedágio) está a 80 km do instalado em Alexandra. Portanto, fora da norma editada há seis anos.

“O posto de Alexandra foi mantido até hoje devido à peculiaridade de Paranaguá, principalmente pela grande movimentação gerada pelo porto, mas não há uma previsão ainda de fechamento. O que está havendo é um estudo sobre o número de ocorrências e o efetivo necessário para a manutenção desse posto”, resumiu Marins.

PREOCUPAÇÃO
O possível fechamento do posto da Polícia Rodoviária Federal em Alexandra deixou preocupada boa parte da população de Paranaguá, que, assim como de outras regiões, convive com a escalada da violência.

>> Deixe sua opinião