Everton foi preso nesta quarta-feira sob acusação de estupro

Guaratuba, PR
Agora Litoral      ATUALIZADA EM 05/05/2017

A Justiça determinou a prisão preventiva de Everton dos Santos, de 28 anos. Ele é acusado de violentar e estrangular uma jovem de 19 anos e depois ainda jogar o corpo de uma altura próxima a 25 metros na lateral do Morro do Cristo em Guaratuba, no litoral do Paraná. O crime ocorreu no início da noite do último dia 25 de abril.

A vítima, de 19 anos, foi levada até o local por Everton que a violentou, a estrangulou e a em seguida a jogou do alto do morro. Depois de cometer o crime, e acreditando que a jovem estaria morta, Everton tomou rumo ignorado. A moça foi encontrada por populares que acionaram o SIATE. Ela recebeu os primeiros atendimentos e, após constatar que seu estado era grave, foi transferida ao Hospital Regional em Paranaguá.

A identificação de Everton foi possível após a Polícia procurar imagens no sistema de monitoramento da Prefeitura. Everton dos Santos foi detido na tarde de quinta-feira (27), interrogado e solto posteriormente por que não houve prisão em flagrante. A situação vinha sendo investigada sob sigilo, uma vez que o suspeito pensou que havia matado a vítima.

Na manhã de quarta-feira (03), a Justiça de Guaratuba determinou sua prisão preventiva, mas ele não foi encontrado pelos policiais, sendo considerado foragido. Everton dos Santos é casado e natural de Chapecó, Santa Catarina. Ele residia no Bairro Piçarras. Devido aos ferimentos, a vítima só deu alta do Hospital Regional do Litoral no último dia 02.

(Agora Litoral com informações do Mais Guaratuba)

>> Deixe sua opinião