Jerry Adriani era considerado o mais rockeiro da Jovem Guarda e iniciou a carreira cantando em italiano

Paranaguá, PR
Agora Litoral

O cantor Jerry Adriani, um dos ídolos da Jovem Guarda, faleceu neste domingo (23) depois de enfrentar um câncer. Ele estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Jerry havia sofrido uma trombose nas pernas em março e feito uma bateria de exames que resultou no diagnóstico de câncer. Ele tinha 70 anos.

Na certidão de nascimento, ele se chamava Jair Alves de Souza e nasceu no dia 29 de janeiro de 1947, no bairro do Brás, em São Paulo. Seu primeiro disco foi “Italianíssimo”, no qual cantava músicas em italiano. O nome Jerry Adriani foi incorporado à sua carreira. Em 1965, ele começar a gravar músicas em português.

Jerry se foi no ano em que passaria todas as suas histórias a limpo. Ajudado pelo amigo, o pesquisador Marcelo Fróes, ele previa uma biografia de muitos causos e o lançamento de um disco cantando músicas de Raul Seixas. Estava feliz, dava entrevistas vibrantes e abria o coração para falar do passado.

>> Deixe sua opinião